POLÍTICA DE PRIVACIDADE E COOKIES

Utilizamos alguns recursos para entender o que nossos clientes tem interesse e melhorar sua experiência. Ao continuar navegando, você concorda com nossa Política de Privacidade.

Entendi
Whatsapp da unidade ------ Unidade D------- Whatsapp da unidade ------ Unidade -------

Pellentesque habitant morbi tristique senectus

7 curiosidades sobre a esfiha que você nunca ouviu falar

7 curiosidades sobre a esfiha que você nunca ouviu falar Esfiha é uma paixão paulistana. Tem sempre uma noite reservada para apreciar essa iguaria árabe com os amigos. Para quem não está afim de encostar a barriga no fogão, a melhor opção é pedir um delivery no Mustafá. Mas, o quanto você conhece sobre esfiha? Vamos mostrar 7 curiosidades sobre a esfiha que você nunca ouviu falar. Você sabia, que os brasileiros precisam agradecer muito aos sírio-libaneses? E que sem esfiha não nasceria pizza? Descubra mais curiosidades. Continue a leitura, pois está muito interessante. Para quem ama esfiha, este texto vale muito a pena. No final do texto, encontre uma surpresa.
 

1 – A esfiha tem sua origem em dois países

Primeiro começou no Iraque, com o cultivo de trigo, figos, romãs, nozes, pistaches, cevada e criaram o pão redondo. No Líbano, surgiu o costume de cobrir o pão redondo com carne e cebola, e assim, surge a esfiha aberta.
 

2 – A esfiha fechada nasceu no Ocidente

No Ocidente, com a necessidade de praticidade e inovação, surge o hábito de fechar a esfiha. Deu muito certo, mas não substituiu a esfiha aberta, porém se tornou uma alternativa.
 

3 – Esfiha foi feita para comer com as mãos

No Oriente, além de muitos sabores diferentes como o Kibe, por exemplo, serem consumidos com as mãos, a esfiha segue essa tradição. A maioria das pessoas, curte comer uma esfiha com as mãos, pois dificilmente, o garfo e faca entra nessa equação. 
 

4 – A forma original de fazer esfiha

Existem várias formas de fazer esfiha, mas a forma tradicional é feita com massa de pão, assada no forno, com recheios que variam de carne bovina, queijo, carne bovina, calhada e verduras bem temperada.

 

5 – Sem esfiha não nasceria pizza?

Está história se conta muito. No tempo das cruzadas, na Itália, os italianos substituíram a carne por queijo, e acrescentaram tomate e assim, nasce a pizza. Em cada região italiana, o preparo da massa muda, com o acréscimo de ingredientes locais.
 

6 – Sírio-libaneses: Agradeça a eles

Entre os séculos XIX e XX, imigrantes sírio-libaneses chegam ao Brasil, e trazem a esfiha. E assim, até hoje, os brasileiros e principalmente os paulistanos, devem agradecer aos irmãos sírio-libaneses.
 

7 – São Paulo é a embaixada da esfiha no Brasil 

O local, em que os sírio-libaneses pisaram os pés pela primeira vez, foi em São Paulo, e assim, a esfiha se tornou um verdadeiro fenômeno em cada esquina da capital paulista. Muitas esfiarias surgiram e fazem muito sucesso, como o Mustafá Casa da Esfiha, na zona norte de São Paulo.
 
Falando em Mustafá Casa da Esfiha, tem uma surpresa: Tem várias categorias de sabores de esfiha, como Aves / Bovinos / Suínos / Do Mar, Queijos e Vegetais. Tem muita variedade. Faça o seu pedido agora! Entre em contato!